Protegendo seu bebê do sol

Até os 3 anos, as crianças têm um sistema de defesa cutâneo imaturo que as torna muito vulneráveis ao Sol: como tal, é fortemente desaconselhado a exposição direta ao Sol. Se nas suas viagens, apesar de tudo, não conseguir evitar locais com muito Sol, tome todas as precauções para proteger a pele delicada do seu filho.

Ao seguir algumas regras simples, você pode preservar a pele do seu pequeno e ajudar a manter suas defesas naturais contra os danos potencialmente graves causados pelo sol. E como a infância é a melhor época para aprender, se você seguir os mesmos passos agora, seu filho os adotará automaticamente no futuro.

Regras para a proteção contra o sol

Evite a exposição direta do bebê ao sol, especialmente entre às 11h e às 16h.

Coloque-o sempre à sombra no caso de exposição solar intensa.

Não deixe o seu bebê nu ou de roupa de banho sob o Sol. Coloque uma camiseta larga e de algodão grosso para filtrar melhor os raios UV, um chapéu grande e óculos de sol adaptados (norma CE, categoria 3 ou 4, com uma armação bem envolvente).

• Aplique um produto de proteção solar de índice SPF adaptado (50+), 20 minutos antes da exposição. Insista nas zonas sensíveis mais expostas (testa, bochechas, nariz, lábios).

Proteja seu filho mesmo na sombra ou quanto está nublado: mais de 80% dos raios UV passam pelas nuvens, e um guarda-sol não proporciona proteção adequada.

• Evite protetores solares com substâncias potencialmente alergênicas; em vez disso, use protetor solar mineral ou orgânico.

• Reaplique o protetor solar em abundância a cada 2 horas e depois que a criança sair da água.

• Certifique-se de que seu filho beba líquidos regularmente, mesmo se ele não pedir.

Tome bastante cuidado com os seus produtos de proteção solar: não se esqueça de fechar a embalagem ou colocar a tampa com firmeza. Não deixe os produtos no sol e nunca reutilize um produto depois do vencimento.

Escolhendo o protetor solar certo para o seu filho

Seu filho tem uma pele delicada e mais fina que a sua, estando particularmente vulnerável à luz do sol. Por isso, é essencial que escolha um protetor solar ideal contra os raios nocivos do sol, mas que também respeite a pele delicada do seu filho e preserve o capital celular da sua pele.

O protetor solar certo para o seu bebê deve atender aos seguintes critérios:

• Deve oferecer proteção FPS 50+ e UVA associado a uma ação de proteção da barreira cutânea para preservar as defesas naturais da pele e evitar qualquer dano celular, consequência da exposição solar.

• Deve garantir alta tolerância: a fórmula deve ser hipoalergênica, sem álcool e parabenos e dermatologicamente testada.

• Estar adaptada ao modo de vida das crianças: o produto deve resistir à água e à transpiração e ser visível na aplicação, para nenhuma zona ficar esquecida.

• Deve ser apropriado para o tipo de pele do seu filho: se a pele for muito clara ou facilmente reativa, opte por um cuidado especialmente desenvolvido para peles intolerantes.

Você também vai gostar

Imagem
advice depart vacance mini
BEBÊ

Cotidiano do bebê

Como planejar as primeiras férias em família com o bebê

Imagem
advice soleil peau mini
PÓS-PARTO

Primeiros cuidados com o bebê

Sol e a pele do seu filho