Diferentes formas de transportar seu bebê

Confira diferentes formas de transportar o seu bebê

Pode andar com o bebê ao colo, desde o nascimento até os 3 anos de idade, embora tenha de optar por diferentes métodos de transporte.
 

Opte por transportar o bebê na posição fisiológica, principalmente durante os primeiros meses: o bebê deve estar apoiado na zona do bumbum e as pernas devem estar separadas e soltas, numa posição tipo "rã". As costas devem estar curvadas e não totalmente direitas e a cabeça deve estar apoiada no seu peito.
 

Em passeios longos, transporte o bebê junto à sua barriga, de frente para você, ou nas suas costas. Ao estar virado para a frente, estará permitindo que o bebê veja o que o rodeia, mas esta posição não respeita a curvatura das costas e apenas deve ser usada durante períodos de tempo curtos.
 

Com um pano ou um porta -bebê fisiológico adaptado à idade da criança, pode andar com o bebê no colo durante várias horas sem ter dores. Se sentir dores nas costas, o pano está indiscutivelmente mal colocado ou o porta-bebê está mal regulado: peça ajuda a alguém para os ajustar.
 

Se os esquemas de instruções do porta-bebê ou do pano não forem suficientes, não hesite em inscrever-se em um curso: existem por todo o lado. Estas sessões vão permitir que experimente diferentes formas de transportar o bebê e aprender a dominar o modo que preferir. Pode também aprender diversas formas de usar o seu pano.
 

Não desanime se não sair logo bem à primeira: transportar o bebê no pano exige alguma prática até que consiga fazê-lo totalmente à vontade, principalmente se o bebê já for crescido. Se o bebê não apreciar as primeiras vezes, tente de novo em outro dia durante alguns minutos: brevemente verá o seu bebê sentir-se mais à vontade e poderá então prolongar os seus passeios.

Os porta-bebês clássicos ou «cangurus»: muito simples de usar, são muito práticos, mas não respeitam a posição natural dos bebês, visto que eles estão apoiados na zona genital com as costas direitas e as pernas soltas. Assim, o mais adequado é não utilizar este sistema mais do que 30 minutos.

Os porta-bebês fisiológicos: têm as mesmas vantagens práticas que os porta-bebês clássicos, mas permitem que o bebê esteja na posição fisiológica, mais confortável e melhor para o desenvolvimento dos quadris. As alças largas, almofadadas e o apoio regulável permitem que transporte o bebê mais confortavelmente.
 

Os panos: tecido longo (entre 2,5 a 5m) com um formato particular é o modo de transporte mais polivalente. Ao alterar o modo como o prende, permite que transporte o bebê junto à sua barriga, nas costas, de lado, ou ainda escondido como numa rede durante os primeiros meses. Regulável, garante o transporte do seu bebê de forma extremamente confortável... desde que domine a arte de amarrar o pano!
 

Os slings: retângulos de tecido presos por anéis, os slings foram concebidos para um transporte assimétrico de lado. Pouco incomodativos e muito fáceis de utilizar, são fáceis de ter à mão caso surja uma situação imprevista.
 

Os porta-bebês chineses: retângulos de tecido com quatro faixas que saem de cada um dos cantos, permitem colcoar o bebê facilmente junto a você ou nas costas. Dobrados ocupam muito pouco espaço.

Você também vai gostar

Imagem
blog-mustela-os-beneficios-do-colo-e-de-transportar-o-bebe-com-voce-395x415
BEBÊ

Cotidiano do bebê

Os benefícios do colo e de transportar o bebê com você

Imagem
advice musical mini
BEBÊ

Estimulando o bebê

O despertar musical precoce do seu bebê

Imagem
blog-mustela-Natacao-para-bebes-os-beneficios-da-natacao-para-saude-da-crianca-395x415
BEBÊ

Desenvolvimento da criança

Natação para bebês: os benefícios da natação para a saúde da criança