Amamentação: mitos e realidades! Saiba o que é verdadeiro e o que é falso!

Bem-Estar

Bem-Estar

Conselhos de Especialistas

AMAMENTAÇÃO: MITOS E REALIDADES! SAIBA O QUE É VERDADEIRO E O QUE É FALSO!

A amamentação é sempre ladeada do que "as pessoas dizem". Começa a se sentir perdida com todas as experiências que dividem com você e que muitas vezes são contraditóras? Está na hora de descobrir o que é verdadeiro e o que é falso!


TODo mundo SABE QUE A AMAMENTAÇÃO DETERIORA A TONICIDADE DOS SEUS SEIOS - FALSO

Se a amamentação correr bem, se o ingurgitamento (excesso de leite nos seios) for evitado e o desmame for gradual, os seios estarão muito mais predispostos a manter a sua forma do que se de repente decidir não amamentar após o parto! Para manter o seu busto bonito, a coisa mais importante é evitar ganhar muito peso e cuidar dos seus seios diariamente com um produto que lhe dê firmeza durante a gravidez. Ao utilizar um produto com essas características irá estimular assim, os tecidos que o suportam, de forma a evitar que a pele quebre ou relaxe devido às variações repentinas de tamanho. Durante a amamentação opte por continuar a aplicar estes cuidados diários especificamente formulados para a firmeza e compatíveis com a amamentação e opte também por um bom sutiã de amamentação que ofereça suporte sem compressão. 


SE TEM SEIOS PEQUENOS, NÃO IRÁ PRODUZIR LEITE SUFICIENTE - FALSO

Antigamente, as amas-de-leite contratadas para amamentar os bebês eram conhecidas pelos seus seios generosos. No entanto, a glândula mamária é aproximadamente do mesmo tamanho em todas as mulheres. Assim, o tamanho da mama não tem nada que ver com a quantidade de leite produzido. Amamentar também depende, principalmente, do apetite do seu bebê: quanto mais ele mamar, mais leite irá produzir, mesmo que tenha um peito pequeno, mesmo que seja um "pequeno 32A"!

O LEITE MATERNO, MUITAS VEZES, NÃO É SUFICIENTEMENTE NUTRITIVO! - FALSO

O leite materno nunca é ruim, pouco espesso ou não nutritivo o suficiente. Se o seu bebê não está ganhando peso suficiente, pode ser devido ao fato dele não estar fazendo uma boa pegada. Como todas as mães de primeira viagem, também podem ocorrer declínios temporários na produção de leite devido a fatores como a fadiga ou emoções fortes. Não entre em pânico: basta amamentar o seu bebê com a maior frequência e durante o maior período de tempo possível. Desta forma, a produção de leite vai rapidamente voltar à normalidade. 

A AMAMENTAÇÃO EVITA QUE PERCA OS KG QUE GANHOU DURANTE A GRAVIDEZ - FALSO

Pelo contrário, a produção de leite queima uma grande parte das calorias diárias que consome. Se tiver cuidado e se alimentar de forma saudável e com quantidades razoáveis, a amamentação com certeza irá ajudar a perder, mais rapidamente, os quilos que ganhou durante a gravidez. 

A AMAMENTAÇÃO É SEMPRE DESGASTANTE PARA A MÃE - FALSO

Não há nada que torne a amamentação um processo cansativo. Contando que você e o seu bebê estejam confortavelmente instalados, amamentar não requer qualquer aptidão física particular. Se se sentir cansada, a principal causa será a reviravolta hormonal que o seu corpo está tendo e a emoção que ainda sente pelo nascimento do seu filho. Outra opção é estar fazendo muitas coisas! Este momento não é ideal para isso! Em casa, peça ajuda ao pai, à sua família e aos amigos. Em seguida, é só esperar que os hormônio normalizem durante a amamentação!

 

PODE DORMIR COM O SEU BEBê PARA QUE ALIMENTÁ-LO SEJA MAIS FÁCIL - VERDADEIRO 

O processo de amamentação torna-se mais fácil quando o bebê está deitado ao seu lado. No entanto, é importante, considerar algumas regras de segurança quando o seu bebê dorme na sua cama: nenhum edredon deve ser colocado sobre ele, não deve colocar nenhuma almofada na sua cabeça, o colchão deve ser duro e não deve haver perigo de queda. Poderá também optar por colocar o berço do seu filho ao lado da sua cama. 

NOITEs FACILITAM, DE FORMA GERAL, A AMAMENTAÇÃO - VERDADEIRO

Não interessa quantas mães a encorajem a colocar o seu bebê para dormir o mais cedo possível, tente resistir à tentação! Na verdade, a maior parte dos recém-nascidos precisam ser amamentados durante a noite nos primeiros meses de vida. Além disso, amamentar durante a noite ajuda a iniciar e a manter a produção de leite evitando longos períodos de tempo entre cada mamada.

MAMILOS PLANOS OU DISFORMES TORNAM A AMAMENTAÇÃO IMPOSSÍVEL. - FALSO .  

Os bebês são sempre capazes de mamar em qualquer tipo de peito que a mãe possa ter. Basta certificar-se que coloca o seu bebê na posição correta de frente para o seu peito, para que a pegada seja bem feita. Se o seu filho realmente manifestar algum problema na pegada- pode ser pelo fato dos seus seios estarem com muito leite - em seguida massageie suavemente o mamilo para suavizar o peito e retire um pouco de leite antes de iniciar a amamentação.

AMAMENTAR MENOS DO QUE 6 MESES É INÚTIL - FALSO

Embora algumas organizações de saúde e muitos pediatras recomendem que as mães amamentem os seus bebês desde o nascimento até os 6 meses, tudo depende do seu desejo como mãe e da sua disponibilidade. Amamentar, mesmo que por um curto período de tempo, irá beneficiar a sua saúde e a do seu filho. Quando voltar a trabalhar, pode continuar a amamentar de manhã e à noite e nos fins-de-semana. Mas isso depende do seu bebê, também! Alguns bebês podem rapidamente deixar claro que querem ser independentes, enquanto outros continuam a pedir para mamar durante mais tempo. O papel do pai também deve ser considerado, uma vez que quanto mais tempo a amamentação durar, mais o pai pode se sentir excluído. 

 

A AMAMENTAÇÃO PODE SER DOLOROSA - VERDADEIRO

Na maior parte dos casos, a dor é causada porque o seu bebê não está na posição correta para mamar. Na primeira semana, pode sentir nos mamilos um maior desconforto e até dor; isto é normal mas é uma sensação temporária. Se a dor persistir, não hesite em consultar o seu médico. 

A AMAMENTAÇÃO NÃO ELIMINA A NECESSIDADE DE UTILIZAR UM CONTRACEpTIVO - VERDADEIRO 

Se amamentar em exclusivo, a menstruação não irá aparecer enquanto o seu corpo produzir leite materno e não há necessidade de se preocupar. Bem, isto na teoria. Mas a sua menstruação pode voltar enquanto está amamentando e a ovulação acontece antes do período aparecer. A menos que esteja planejando engravidar imediatamente após ter sido mãe, utilize sempre um contraceptivo. Consulte o seu médico para saber qual método é o mais indicado e compatível com a amamentação. 

NÃO PODE AMAMENTAR SE ESTIVER tomando ALGUMA MEDICAÇÃO - FALSO

Muitos medicamentos são compatíveis com a amamentação. Basta aconselhar-se com o seu médico que este lhe prescreverá os medicamentos corretos. Mas certifique-se sempre que não está se automedicando! Consulte sempre o seu médico ou farmacêutico antes de iniciar qualquer tratamento que possa ser prejudicial para o seu bebê. 

 

Conteúdo relacionado:

Depoimentos de mães:

Assuntos relacionados:

Para amamentar com serenidade
Para amamentar com serenidade

Acabou de ter ou está à espera de um bebê? Talvez você queira amamentar para manter a relação íntima que vocês criaram durante os últimos 9 meses e você quer fazer isso corretamente. Ou talvez ainda não se tenha decidido sobre esta questão e queira esclarecer algumas dúvidas. Aqui tem tudo o que precisa saber sobre a amamentação, para o bebê e para a mamãe.

Partilhar a minha lista de cuidados