Para você e seu bebê... exercite-se, mas com moderação.

Seu corpo é feito para se mover. E durante a gravidez não é diferente. Confira as nossas dicas para escoler a atividade certa.

Todos sabemos que a gravidez não é uma doença e que boa saúde está intimamente relacionada a atividades físicas

Ainda assim, por falta de vontade ou cansaço, é tentador acabar caindo no sedentarismo. Isso é uma pena porque exercícios são a chave para se manter saudável durante a gravidez e dar melhor suporte ao desenvolvimento e à chegada do bebê. Aqui vão quatro boas razões para exercitar seu corpo.

1. Menos quilos, menos casos de diabetes ou pressão alta: embora o ganho de peso máximo permissível varie de uma mulher para outra, ele não deve ser excessivo. Andar apenas 30 minutos por dia é uma maneira fácil de manter as balanças equilibradas e também reduz os riscos de diabetes gestacional e pressão alta.

2. Boa circulação, um coração saudável: o ganho de peso e as alterações hormonais na gravidez contribuem para a distensão das veias. A prática de atividades físicas oxigena melhor os tecidos e tonifica as paredes das veias para que o retorno venoso ocorra corretamente e evite a estagnação do sangue. O esforço regular garante que o coração aprenda também a funcionar com economia e a reagir melhor em esforços intensos, como o trabalho de parto.

3. Menos estresse e cansaço: O esporte é a melhor maneira de combater o estresse e criar um cansaço saudável pois ele ativa secreções de endorfina. Ele relaxa, melhora a resistência e faz você dormir melhor: todos fatores importantes para uma melhor recuperação durante a gravidez e depois do parto.

4. Sem dor nas costas e melhor digestão: atividades físicas fortalecem naturalmente os músculos posturais e abdominais, prevenindo a dor nas costas causada pelo desenvolvimento do bebê. E tudo isso também proporciona uma massagem muscular no intestino, resultando em melhores atividades e menos problemas com constipação e inchaço que são tão comuns na gravidez.

 

Escolha a atividade certa

Esportes são bons, mas a gravidez não é a época de praticar boxe ou kitesurf. Opte por atividades de resistência, que exigem esforço sustentado por pelo menos 30 minutos sem colocar o corpo sob pressão.

Atividades certas: antes de tudo, é claro, a caminhada! E também atividades que suportam seu peso e evitam colocar pressão nas articulações: hidroginástica, natação (principalmente de costas para aliviar dor lombar) e ciclismo, em velocidade moderada no nível do solo, aproximadamente até o 5º mês de gestação. Yoga e ginástica suave também são aconselhadas, mas de preferência sob a orientação de um instrutor acostumado a trabalhar com futuras mães para evitar posturas complicadas.

Atividades para esquecer: todas que tenham um grau de risco (montanhismo, mergulho etc.) ou que exijam movimentos repentinos (tênis, squash, vôlei etc.).

 

Cinco dicas antes de começar atividade física na gravidez

1. Qualquer que seja a atividade escolhida, o objetivo não é ser campeã, mas simplesmente ajudar a superar os nove meses da sua gravidez. Ela também não deve ser punitiva nem uma fonte de lesão e, em todos os casos, deve ser reduzida a partir do 3º trimestre.

2. Liberação do seu médico: é absolutamente essencial antes de começar ou continuar uma atividade esportiva. Mas também no caso do menor incidente: palpitações, náusea, tontura, dores incomuns, perda de sangue etc.

3. Ouça seu corpo: ele é o melhor medidor. Se você se sentir cansada, não se force a dar mais cinco voltas na piscina. Se suas articulações vacilarem, pare: seus tendões e ligamentos ficam hiperflexíveis na gravidez e isso pode aumentar o risco de torções.

4. Vestimenta certa: invista em um top apropriado para fornecer suporte, calçados esportivos antiderrapantes etc.

5. Hábitos nutricionais: boa hidratação regular para compensar o aumento da perda de água e sais minerais devido à atividade (caso contrário, você sofrerá cãibras, entre outras coisas) e um pequeno lanche antes e depois da atividade para evitar hipoglicemia e reabastecer rapidamente as reservas de nutrientes.

Você também vai gostar

Imagem
advice vergetures mini
GRAVIDEZ

As emoções dos primeiros meses

Estrias? Não, obrigada!

Imagem
advice sophrologie mini
GRAVIDEZ

As emoções dos primeiros meses

Calma completa com sofrologia

Imagem
advice bougez mini
GRAVIDEZ

As emoções dos primeiros meses

Para você e seu bebê... exercite-se, mas com moderação.