O que é exatamente a pele com tendência atópica?

A pele do seu bebê é uma proteção contra o mundo exterior. Para dar à pele do seu bebê o cuidado que ela precisa todos os dias, você precisa saber reconhecer o tipo da pele do seu bebê, entender completamente as necessidades dela e usar os produtos certos para esse tipo de pele.

Pele com tendência atópica, também chamada de dermatite atópica, afeta uma em cinco crianças*, e atópica não significa atípica. Se os sinais desse eczema forem desconfortáveis (vermelhidão, coceira, secura etc.), eles não são raros nem contagiosos para outras crianças e não são irreversíveis.

Mais precisamente, os sintomas da pele com tendência atópica podem aparecer aos dois meses de idade (às vezes até mais cedo) e podem diminuir ou desaparecer por volta dos cinco ou seis anos de idade. Enquanto isso, não se preocupe: alguns cuidados e um pouco de atenção podem e irão acalmar a pele do seu bebê (leia também: dermatite atópica: como evitar seu surgimento?).

O que é atopia?

Vamos começar com a origem. Vem de uma combinação de dois fatores principais: um sistema imunológico extremamente reativo e uma pele muito seca. Falamos que a pele tem tendência atópica quando o sistema imunológico responde excessivamente quando está em contato com alérgenos ou outros fatores ambientais. Pode ser hereditária. Há uma probabilidade de 40% a 50% de que a criança também desenvolva dermatite atópica quando um dos pais é atópico, e uma probabilidade de 50% a 80% quando ambos os pais são atópicos.** 

Outras causas também podem explicar seu surgimento, como poluição ou rotina de higiene excessivamente zelosa! De fato, a dermatite atópica é mais desenvolvida nos países industrializados do que nos países em desenvolvimento.

O que é a pele com tendência atópica e como ela pode ser aliviada?

Por que a dermatite atópica afeta a pele seca? Porque é mais sensível. A pele geralmente cria uma fina camada de água e óleos (lipídios) em sua superfície para se proteger, conhecida como manto hidrolipídico. Além disso, produz a filagrina, uma molécula que serve como “cimento” para garantir sua permeabilidade. Quando o nível de lipídios ou filagrina não é suficiente, a pele permite que a água evapore. Ela perde sua permeabilidade e não completa seu papel como barreira contra certos fatores prejudiciais, fazendo com que alérgenos entrem facilmente no sistema.

Resumindo, reação excessiva do sistema imunológico + pele seca = pele com tendência atópica, se houver alérgenos, ou em situações ambientais específicas. Isso resulta em manchas vermelhas mais ou menos inflamatórias (para mais informações, leia também: Meu bebê tem pele com tendência atópica?).

A pele coça e fica irritada, situação que pode afetar o bem-estar dos pequenos, principalmente a qualidade do sono. No entanto, a pele com tendência atópica não perturba suas vidas todos os dias. Entre dois surtos, há alguns períodos de melhora que você pode estender por meio de simples precauções diárias. Veja por si mesma!

 

* Fonte: Watson 2011, Isaac 1998.

** Fonte: Böhme 2003, Taïb 2008.

Escrito em parceria com a Dra. Clarence De BELILOVSKY, dermatologista e membro do círculo de especialistas Mustela.

Você também vai gostar

Imagem
advice prevenir atopie mini
PELE ATÓPICA

Entendendo e prevenindo a atopia

Dermatite atópica: como evitar seu surgimento?

Imagem
advice amelioration mini
PELE ATÓPICA

Entendendo e prevenindo a atopia

Tratando a dermatite atópica: ela pode melhorar ou desaparecer?

Imagem
advice reconnaitre atopie mini
PELE ATÓPICA

Entendendo e prevenindo a atopia

Meu bebê tem pele com tendência atópica?