#Primeira infância

Como tornar a casa segura para o bebê?

#Primeira infância
Como tornar a casa segura para o bebê?
Mustela-Blog-Casa-Segura-1048x964px
Não tem jeito, quando começam a explorar a casa sozinhos, os pequenos encontram maneiras de fazer arte. Portanto, é importante tomar algumas precauções para que a casa torne-se segura e o bebê não corra riscos.

Apesar de parecer muito cedo, é sempre bom fazer os ajustes necessários para deixar a casa segura. Os pais sabem que o tempo livre é inversamente proporcional à idade do bebê.

Casa-Segura-Para-Bebe-344×265px

 

O quarto do bebê

Pode ser que seja um berço tradicional, uma cama montessoriana, um ninho ou moisés. O bebê passará bastante tempo neste espaço que deverá ser bem seguro para deixar o bebê à vontade e os pais tranquilos. Apesar de lindos, os kit-berços, cobertores, travesseiros e bichinhos de pelúcia não são objetos seguros para ficar junto com o bebê dentro do espaço de dormir. Se usá-los durante o dia para decorar o ambiente, é importante retirá-los quando o bebê for ficar sozinho neste espaço, para que não exista risco de sufocamento.

Como deixar a cozinha e lavanderia seguras?

Logo mais seu bebê estará explorando toda a casa. Por isso, coloque travas em armários e gavetas onde são guardados objetos pontiagudos e/ou afiados. Deixe fora de alcance produtos de limpeza e objetos pesados que podem cair se puxados pelo cabo de energia (como o ferro de passar, eletrodomésticos e etc).

Risco de queda

Para móveis como mesas, racks e buffets com quinas pontiagudas, é interessante um protetor de quinas adesivo. Assim que aprendem a andar, a sala de casa vira um circuito de corrida e acidentes podem acontecer.
Tapetes também precisam ser fixados no chão para que não deslizem. Isso pode ser um perigo tanto para um bebê aprendendo a caminhar quanto para o cuidador com o bebê no colo.

O cuidado com os bebês é imprescindível e também é bom estar preparado para uma situação de emergência. Alguns centros hospitalares e a Cruz Vermelha oferecem cursos de primeiros socorros infantis. Além dos telefones de emergência (192 para ambulância e 193 para os bombeiros), há também o Disque-Intoxicação (0800-722-6001), criado para auxiliar casos de intoxicação.

Mesmo tomando todas as precauções, machucados podem acontecer. Para pequenos arranhões e queimaduras, um creme reparador hidratante como o Cicastela ajuda a pele a se recuperar. Já para galos e hematomas, um produto que tenha a Arnica como ingrediente ativo, como o Gel Arnica e Calêndula Bio ajuda a acalmar a área de desconforto.

Existem também protetores para os botões do fogão, travas para o forno, para o vaso sanitário e muitas outras alternativas. O importante é lembrar que apesar de ter um ambiente preparado, não é prudente deixar o bebê sem supervisão, nem que seja por pouco tempo. Com simples mudanças no lar você fica mais tranquilo e o bebê mais seguro para brincar e se desenvolver.