Calma completa com sofrologia

Tudo sob controle, estresse e emoções para enfrentar sua gravidez e parto com calma absoluta: essa é a promessa da sofrologia.

Mais do que uma terapia, a sofrologia é uma arte para se viver (melhor) todos os dias. Ela oferece muitos benefícios durante e depois da gravidez.

  • Para uma melhor recuperação: Ao atuar no relaxamento mental e muscular, ela faz o corpo descansar para otimizar a recuperação, principalmente por meio de sono de boa qualidade.
  • Para lidar melhor com suas emoções: ao trabalhar com visualização, ela acaba com o estresse, reprograma as emoções que comprometem a calma e, assim, limita os efeitos tóxicos (dores de cabeça, dores nas costas, problemas digestivos, irritações na pele etc.).
  • Para recuperar a autoconfiança: ao fornecer ferramentas para substituir sentimentos negativos por projeções positivas, restaura a autoconfiança e o otimismo, os pilares da harmonia e da boa saúde.
  • Para se preparar melhor para o parto: a preparação convencional já empresta muito da sofrologia. A partir do 4º mês, você pode descobrir mais sobre essa técnica com os conselhos de uma enfermeira obstetra treinada em sofrologia (peça informações na maternidade) para lidar melhor com o estresse e as contrações.

A base 

Respiração e visualização combinando o relaxamento muscular com os benefícios da respiração profunda e visualização positiva, a sofrologia tem o poder de reduzir os níveis de estresse. Com a prática regular, a vida diária se tornará mais calma e você dominará o método para usá-lo naturalmente no dia do parto.

A chave para a respiração abdominal

A mente influencia a frequência respiratória e vice-versa. Em vez de respirar pela parte superior dos pulmões (limitada pela caixa torácica), é melhor respirar pelo estômago. Assim, os pulmões e o diafragma são mobilizados em maior medida. Como resultado, as células recebem mais oxigênio, a frequência cardíaca diminui e você recupera a concentração e o controle de suas emoções. Essa respiração abdominal pode ser praticada duas ou três vezes por dia como treinamento ou conforme necessário em caso de estresse, fadiga ou ansiedade.

Na prática: sente-se ou se deite confortavelmente, com uma mão no estômago, olhos fechados, relaxe os músculos e o maxilar. Inspire lentamente duas vezes pelo nariz, enchendo o abdômen e depois a área do peito; relaxe seus ombros. Em seguida, inspire naturalmente a partir do abdômen, prolongando gradualmente o tempo de expiração. Repita por dois a três minutos e depois abra os olhos.

Os segredos da visualização

Não adianta tentar não se estressar: a imaginação negativa é sempre mais forte, a menos que seja combatida pela visualização positiva, provocando um curto-circuito no processo e aumentando a confiança. Ela pode ser praticada do ponto de vista do ator (sentir os movimentos) ou do espectador (você se vê atuando). Para relaxar, você pode visualizar uma paisagem bonita que você gostaria que seu filho descobrisse. E, para aumentar sua autoconfiança, visualize um sucesso precioso para você, como o desenvolvimento de seu bebê.

Na prática: Fique à vontade, de olhos fechados, respire lentamente pelo abdômen pelo nariz, expire lentamente e repita o processo três vezes. Respire regularmente e relaxe seu rosto, da testa aos ombros. Em seguida, ative a visualização, experimentando-a completamente por um tempo, e, em seguida, deixe as imagens desaparecerem. Respire profundamente duas vezes e alongue-se antes de abrir os olhos.

Você também vai gostar

Imagem
advice nourir mini
GRAVIDEZ

As emoções dos primeiros meses

Coma bem por nove meses: a regra de três

Imagem
advice nausees mini
GRAVIDEZ

As emoções dos primeiros meses

5 soluções antináuseas na gestação

Imagem
advice posture mini
GRAVIDEZ

As emoções dos primeiros meses

Gestação: boa postura para prevenir dores nas costas