6 dicas para um começo tranquilo na creche

Veja nossas dicas para garantir que a primeira experiência de creche do seu filho seja o mais tranquila possível.

1. Planeje com antecedência

O número de vagas disponíveis é muitas vezes menor que a demanda. Faça seus planos com bastante antecedência para evitar surpresas antes de retornar ao trabalho: pesquise muito e matricule ele ainda durante a gravidez!

2. Tenha um plano B

Uma das principais desvantagens das creches é que não aceitam as crianças quando estiverem doentes. Uma vez que resfriados, febres e problemas intestinais são comuns em crianças pequenas, você tem duas opções: ficar em casa para cuidar do seu filho ou garantir uma rede alternativa (como avós, babá ou cuidadora). Pense com antecedência no que fazer para não ser pega de surpresa!

3. Tenha um bom relacionamento com a equipe da creche

Embora seja menos pessoal que uma babá ou cuidadora, o relacionamento com as pessoas que cuidarão do seu filho na creche é igualmente importante. A gerente da creche (geralmente, embora nem sempre, uma mulher) será seu principal ponto de contato: pergunte a eles tudo que precisa saber e informe caso tenha algum problema. Conheça também os educadores: são eles que cuidam do seu filho diariamente e podem falar sobre quais são as atividades. Informe os hábitos do seu filho: quando ele costuma dormir, o que ele gosta de comer e assim por diante.

4. Adaptação à creche - Você não deixará seu bebê sozinho na creche de um dia pro outro!

Todas as creches têm um planejamento sobre o período de adaptação: uma ou duas semanas (dependendo da creche e do seu filho) para passar um tempo na creche e se acostumar à nova realidade. Você começa a passar um tempo com seu filho na creche, depois deixa ele por uma hora, depois duas, depois para uma refeição, um cochilo e finalmente um dia inteiro. Planeje começar o período de adaptação várias semanas antes de voltar ao trabalho para evitar apressar o bebê.

5. Reconforte seu filho

Seu filho precisa saber exatamente o que vai acontecer. Qualquer que seja a idade, explique que você precisa voltar ao trabalho e que ele passará algumas horas por dia na creche, mas que você sempre voltará para buscá-lo. Não saia às escondidas quando deixá-lo na creche: sempre avise que está indo embora. E não deixe que as despedidas durem muito: um abraço, um beijo e você vai embora! Seja corajosa mesmo que ele chore nas primeiras vezes: ele provavelmente vai se acalmar depois que você for embora.

6. Relaxe!

Os primeiros dias na creche costumam ser mais difíceis para as mães do que para os bebês! Seu filho está bem consciente das suas emoções: portanto, é importante que você seja o mais calma possível para que ele não sinta sua ansiedade. Fale com a equipe da creche se estiver chateada ou preocupada: é provável que haja formas de ajudar a se sentir mais calma, por exemplo, fazendo uma ligação rápida durante o dia para verificar se está tudo bem. Converse com o pai para que vá com você levar o bebê nas primeiras vezes: é mais fácil enfrentar isso juntos!

Você também vai gostar

Imagem
advice regle or mini
BEBÊ

Cotidiano do bebê

9 regras de ouro para escolher uma cuidadora

Imagem
advice nounou mini
BEBÊ

Cotidiano do bebê

8 dicas para escolher uma boa babá que more com você

Imagem
advice dvt moteur mini
BEBÊ

Desenvolvimento da criança

O desenvolvimento motor do seu bebê