O calendário dos primeiros dentesMaio 2018

Como aliviar os sintomas da primeira dentição do bebê?

 

   O nascimento dos primeiros dentinhos do bebê é um momento muito aguardado por mamães e papais, afinal, anuncia o desenvolvimento da criança e transforma as gargalhadas em momentos ainda mais fascinantes. Normalmente, os primeiros dentes aparecem por volta dos seis meses de idade, mas isso pode acontecer antes ou depois (entre três meses e um ano). E não há motivo para preocupação, já que cada criança tem seu próprio tempo.

 

   Apesar do encanto que causa nos adultos, o aparecimento dos primeiros dentinhos é uma etapa de muito desconforto para os bebês. Embora não haja uma conclusão precisa dos especialistas, há muitos relatos sobre o aparecimento de sintomas como salivação excessiva, dor, febre e até alteração na flora intestinal. Além de muita, muita irritação.

 

   Nesta fase, é comum que o bebê queira morder tudo o que vê pela frente – do mordedor que você comprou até brinquedos e objetos espalhados pela casa. Tudo isso porque ele precisa massagear a gengiva, aliviando a coceira causada pela erupção dos dentinhos.

 

   Para mamães e papais poderem lidar melhor com essa fase, é preciso muita paciência e carinho, já que o humor dos pequenos tende a ficar bastante alterado. Além disso, é possível utilizar produtos específicos e truques para aliviar os sintomas (e a irritação) do bebê. Com alguns cuidados, será mais divertido acompanhar essa fase do crescimento, aproveitando cada sorriso.

 

Quando nascem os primeiros dentes?

 

   Até os três anos, todos os vinte dentes de leite do seu bebê já deverão ter nascido. Esta dentição dura até os seis anos: neste período, os dentes de leite começam a cair e são substituídos pelos definitivos.  

Os dentes não nascem na mesma ordem e nem no mesmo período em todos os bebês: cada um tem seu próprio ritmo de crescimento e, por isso, não é preciso grandes preocupações por parte dos pais. O mais comum, é que os primeiros dentinhos apareçam na seguinte forma:

  • Entre os 6 e os 10 meses: os incisivos centrais inferiores
  • Entre os 8 e os 12 meses: os incisivos centrais superiores
  • Entre os 9 e os 13 meses: os incisivos laterais superiores e inferiores
  • Entre os 10 e os 16 meses: os primeiros molares superiores e inferiores
  • Entre os 16 e os 20 meses: os caninos superiores e inferiores
  • Entre os 20 e os 30 meses: os segundos modelares superiores e inferiores

 

Como aliviar os sintomas da primeira dentição?

 

   Os primeiros dentinhos que aparecem são os incisivos centrais inferiores (embaixo, no meio da boca) e os sintomas podem variar de criança para criança. Quando a dentição começa a aparecer, o ideal é que o próprio pediatra do pequeno faça uma avaliação. De acordo com cada caso, o médico poderá receitar produtos, medicamentos ou alimentos que possam ajudar a aliviar a irritação, a coceira, a febre e até uma possível diarreia.

 

   No entanto, existem alguns truques que podem ser utilizados para ajudar o bebê nesta fase. Um deles é colocar os mordedores adequados para essa fase na geladeira por alguns minutos e oferece-los bem geladinho ao bebê. Alimentos frios, como frutas, por exemplo, também são recomendados porque as baixas temperaturas ajudam a amenizar as dores e possíveis inflamações.

 

   Renove, também, o estoque de babadores: a salivação é característica nesta fase do nascimento dos primeiros dentinhos. Outra boa dica para as mamães e papais é massagear a gengiva do bebê com uma dedeira macia específica para a idade ou uma gaze umedecida e fervida. Aproveite para brincar com o pequeno e fazer massagem no corpinho dele para relaxar: a ideia é tirar um pouco o foco da dor e do desconforto e promover o bem-estar e momentos de cumplicidade.

   

   Para os casos em que o bebê apresenta uma leve diarreia, é importante prestar bastante atenção à troca de fraldas. Produtos que promovem limpeza profunda sem agredir a pele e cremes adequados para a idade, como águas de limpeza sem enxágue, lenços umedecidos livres de ingredientes questionáveis e cremes preventivos de assaduras são imprescindíveis para manter longe a irritação da pele e possíveis assaduras.   

 

Devo levar ao odontopediatra?

   

   Com o nascimento dos primeiros dentinhos, é importante cuidar da higiene bucal do bebê. Em primeiro lugar, converse com o pediatra para que sejam estabelecidos bons hábitos alimentares, deixando de lado comidinhas que facilitam o surgimento de cáries.

 

   Vale, também,  consultar um odontopediatra para receber orientações sobre a higiene bucal e outros cuidados para garantir que o bebê tenha dentes de leite saudáveis, assim como os permanentes que estão por vir com o passar dos anos.

 

   Com essas dicas e o acompanhamento de profissionais habilitados, os momentos da erupção dos primeiros dentinhos serão momentos marcantes na vida dos pais. Depois, é só aproveitar os sorrisos e gargalhadas mais fascinantes do mundo.

Comente este artigo

Partilhar a minha lista de cuidados

LER TAMBÉM: