Os cuidados com o seu bebê

No nascimento, a pele do bebê é confrontada de forma agressiva com um novo ambiente.

0

Várias vezes ao dia, o bebê precisa ser limpo como complemento ao banho diário: de manhã ao acordar, à noite antes de se deitar, depois das refeições…

3.5

O banho é muito importante para o bebê: contribui para a higiene diária corporal, mas também para o desenvolvimento sensorial. Além disso, é um momento único de cumplicidade.

3

O bebê pode precisar trocar de fralda até 7 a 8 vezes por dia. Muito delicada, a pele do bumbum do bebê pode facilmente irritar-se devido à umidade, ao contato com a urina e com as fezes.

0

Até os 3 anos, a pele do seu filho é frágil e imatura: tem dificuldade em defender-se contra as agressões (frio, vento, sol, ar seco…).

0

O eczema atópico é uma perturbação cutânea cada vez mais frequente, que se manifesta por uma secura extrema, coceira e um desconforto cutâneo por vezes intenso.

3.333335

A pele do bebê é rica num capital celular único, mas também é frágil e imatura: a pele ainda não cumpre totalmente o papel de barreira protetora.

0

Muito delicada, a pele do bumbum do bebê pode facilmente se irritar, principalmente durante o primeiro ano de vida: cerca de 60% dos bebês são afetados durantes os primeiros 12 meses.

0

Desde as primeiras semanas de vida, os bebês podem apresentar no couro cabeludo ou na parte superior do rosto pequenas crostas de cor amarelada, oleosas ao toque. É a crosta láctea.

3.5

A pele dos bebês é rica num capital de células original que estão no seu nível máximo à nascença. Único e precioso, este capital vida é também extremamente vulnerável.

0

O Sol é indispensável e todos gostam de aproveitá-lo porque ele desempenha um papel considerável sobre o nosso humor. Além disso, os raios solares participam na síntese de Vitamina D, indispensável para a saúde.

3

Enorme fonte de bem-estar e de tranquilidade, a massagem tem inúmeros benefícios para o bebê.

5

O Sol emite radiações que penetram na pele. Indispensáveis para a nossa saúde, os raios solares podem também produzir efeitos nefastos para o organismo.

0

Até os 3 anos, as crianças têm um sistema de defesa cutâneo imaturo que as torna muito vulneráveis ao Sol: como tal, é fortemente desaconselhada a exposição direta ao Sol.

5